VAGAS ESTÁGIO – CIEE

Seguem anexas as oportunidades atualizadas para divulgação. O cadastramento de alunos é gratuito e pode ser feito através do nosso site: www.ciee.org.br

 

 

Atenciosamente.

 

Centro de Integração Empresa-Escola – CIEE
Roberta Rodrigues Cristovam
Estagiária
Unidade Araçatuba- SP
Telefone: (18) 3625-1088
www.ciee.org.br

 

 

 

CIEE – OPORTUNIDADES

 

 

APRENDIZ

 

CURSANDO OU FORMADO DO ENSINO MÉDIO

ÁREA DE ATUAÇÃO: AUXILIAR DE ALIMENTAÇÃO

HORÁRIO: 6h/dia

REMUNERAÇÃO: R$ 4,55/hora (682,50)

CÓDIGO DA VAGA: MCD

BENEFÍCIO: VT, PLANO DE SAÚDE E ODONTOLÓGICO, SEGURO DE VIDA, ALMOÇO NO RESTAURANTE.

LOCAL DE APRENDIZAGEM: ARAÇATUBA.

REQUISITOS: *PCD, AMBOS OS SEXOS.

INTERESSADOS DEVEM ENTREGAR CURRÍCULO NO CIEE.

*PCD NÃO PERDE AUXÍLIO DO INSS EM CONDIÇÃO DE APRENDIZ.

 

 FORMADO NO ENSINO MÉDIO

ÁREA DE ATUAÇÃO: ADMINISTRATIVA

HORÁRIO: 12 h ÀS 18 h

REMUNERAÇÃO: R$ 4,26/hora (R$ 639,00)

CÓDIGO DA VAGA: 2130601

BENEFÍCIO: VALE TRANSPORTE

LOCAL DE APRENDIZAGEM: ARAÇATUBA.

REQUISITOS: SEXO FEMININO

INTERESSADOS DEVEM ENTREGAR CURRÍCULO NA EMPRESA.

 

 

 

ESTÁGIOS

 

CURSO: ADMINISTRAÇÃO

CURSANDO: 01 AO 03 ANO

ÁREA DE ATUAÇÃO: ATENDIMENTO

HORÁRIO: 8 h ÀS 13 h

BOLSA AUXÍLIO: R$ 600,00

CÓDIGO DA VAGA: 2129342

BENEFÍCIO: AUXILIO TRANSPORTE R$ 50,00

REQUISITO: SEXO FEMININO

LOCAL DE ESTÁGIO: GUARARAPES

 

CURSO: ADMINISTRAÇÃO

CURSANDO: 02 AO 04 ANO

ÁREA DE ATUAÇÃO: ADMINISTRATIVA

HORÁRIO: 8 h AO 12 h – 13h30 ÀS 15h30

BOLSA AUXÍLIO: R$ 850,00

CÓDIGO DA VAGA: 2124661

BENEFÍCIO: AUXILIO TRANSPORTE R$ 50,00

REQUISITO: SEXO FEMININO

LOCAL DE ESTÁGIO: ARAÇATUBA

 

 

 

 

 

CURSO: ADMINISTRAÇÃO

CURSANDO: 01 AO 05 SEMESTRE

ÁREA DE ATUAÇÃO: ATENDIMENTO

HORÁRIO: 10 h ÀS 16 h

BOLSA AUXÍLIO: R$ 550,00

CÓDIGO DA VAGA: 2117114

BENEFÍCIO: AUXILIO TRANSPORTE R$ 50,00

REQUISITO: SEXO FEMININO

LOCAL DE ESTÁGIO: ARAÇATUBA

 

CURSO: ADMINISTRAÇÃO

CURSANDO: 02 AO 03 ANO

ÁREA DE ATUAÇÃO: ADMINISTRATIVA

HORÁRIO: 13 h ÀS 17h30

BOLSA AUXÍLIO: R$ 350,00

CÓDIGO DA VAGA: 2114506

BENEFÍCIO: AUXILIO TRANSPORTE R$50,00

REQUISITO: SEXO FEMININO

LOCAL DE ESTÁGIO: BIRIGUI

 

CURSO: ADMINISTRAÇÃO

CURSANDO: 02 AO 03 ANO

ÁREA DE ATUAÇÃO: ADMINISTRATIVA

HORÁRIO: 8 h ÀS 12 h – 13h30 ÀS 15h30

BOLSA AUXÍLIO: R$ 700,00

CÓDIGO DA VAGA: 2104150

BENEFÍCIO: AUXILIO TRANSPORTE R$ 50,00

LOCAL DE ESTÁGIO: ARAÇATUBA

 

CURSO: ADMINISTRAÇÃO

CURSANDO: 02 AO 03 ANO

ÁREA DE ATUAÇÃO: ADMINISTRATIVA

HORÁRIO: 11h30 ÀS 17h30

BOLSA AUXÍLIO: R$ 650,00

CÓDIGO DA VAGA: 2101657

BENEFÍCIO: AUXILIO TRANSPORTE R$ 50,00

REQUISITO: SEXO FEMININO

LOCAL DE ESTÁGIO: BIRIGUI

 

CURSO: ADMINISTRAÇÃO

CURSANDO: 01 AO 03 ANO

ÁREA DE ATUAÇÃO: ADMINISTRATIVA

HORÁRIO: 8 h ÀS 14 h

BOLSA AUXÍLIO: R$ 600,00

CÓDIGO DA VAGA: 2097952

BENEFÍCIO: AUXILIO TRANSPORTE R$ 50,00

REQUISITO: SEXO FEMININO

LOCAL DE ESTÁGIO: ARAÇATUBA

 

CURSO: ADMINISTRAÇÃO

CURSANDO: 02 AO 03 ANO

ÁREA DE ATUAÇÃO: ADMINISTRATIVA

HORÁRIO: 13 h ÀS 18 h

BOLSA AUXÍLIO: R$ 600,00

CÓDIGO DA VAGA: 2089292

BENEFÍCIO: AUXILIO TRANSPORTE R$ 50,00

LOCAL DE ESTÁGIO: ARAÇATUBA

 

CURSO: ADMINISTRAÇÃO

CURSANDO: 02 AO 04 ANO

ÁREA DE ATUAÇÃO: ADMINISTRATIVA

HORÁRIO: VARIÁVEL

BOLSA AUXÍLIO: R$ 650,00

CÓDIGO DA VAGA: 2076700

BENEFÍCIO: AUXILIO TRANSPORTE R$ 90,00

REQUISITOS: SEXO FEMININO

LOCAL DE ESTÁGIO: ARAÇATUBA

 

CURSO: ADMINISTRAÇÃO

CURSANDO: 02 AO 06 SEMESTRE

ÁREA DE ATUAÇÃO: ADMINISTRATIVA

HORÁRIO: 8 h ÀS 11h30 – 13 h ÀS 15h30

BOLSA AUXÍLIO: R$ 600,00

CÓDIGO DA VAGA: 2041603

BENEFÍCIO: AUXILIO TRANSPORTE R$ 50,00

LOCAL DE ESTÁGIO: PENÁPOLIS

 

CURSO: ADMINISTRAÇÃO

CURSANDO: 01 AO 03 ANO

ÁREA DE ATUAÇÃO: COMERCIAL

HORÁRIO: VARIÁVEL

BOLSA AUXÍLIO: R$ 700,00

CÓDIGO DA VAGA: 2021164

BENEFÍCIO: AUXILIO TRANSPORTE R$ 50,00

LOCAL DE ESTÁGIO: ARAÇATUBA

 

CURSO: ADMINISTRAÇÃO

CURSANDO: 01 AO 03 ANO

ÁREA DE ATUAÇÃO: ATENDIMENTO

HORÁRIO: 8 h ÀS 13 h – SABADOS 8 h ÀS 13 h.

BOLSA AUXÍLIO: R$ 550,00

CÓDIGO DA VAGA: 2015128

BENEFÍCIO: AUXILIO TRANSPORTE R$ 50,00

REQUISITOS: SEXO FEMININO

LOCAL DE ESTÁGIO: ARAÇATUBA

 

CURSO: CIENCIAS CONTABEIS

CURSANDO: 01 AO 03 ANO

ÁREA DE ATUAÇÃO: CONTABILIDADE/ ADMINISTRATIVA

HORÁRIO: 9 h ÀS 12 h – 13h30 ÀS 16h30

BOLSA AUXÍLIO: R$ 600,00

CÓDIGO DA VAGA: 2097320

BENEFÍCIO: AUXILIO TRANSPORTE R$ 50,00

LOCAL DE ESTÁGIO: ARAÇATUBA

 

CURSO: CIÊNCIAS CONTÁBEIS

CURSANDO: 01 AO 02 ANO

ÁREA DE ATUAÇÃO: ADMINISTRATIVA/CONTABILIDADE

HORÁRIO: 8 h ÀS 11h30 – 13 h ÀS 15h30

BOLSA AUXÍLIO: R$ 450,00

CÓDIGO DA VAGA: 2025518

BENEFÍCIO: AUXILIO TRANSPORTE R$ 50,00

LOCAL DE ESTÁGIO: ARAÇATUBA

 

 

 

CURSO: DIREITO/ CIÊNCIAS CONTÁBEIS/ ADMINISTRAÇÃO

CURSANDO: 01 AO 04 ANO

ÁREA DE ATUAÇÃO: CONTRATOS/ HOMOLOGAÇÕES/ RECEPÇÃO

HORÁRIO: VARIÁVEL

BOLSA AUXÍLIO: R$ 450,00 (APÓS TRÊS MESES O VALOR SERÁ DE R$ 887,00)

CÓDIGO DA VAGA: 2127207

BENEFÍCIO: AUXILIO TRANSPORTE R$ 50,00

LOCAL DE ESTÁGIO: GUARARAPES

 

CURSO: SUPERIOR INFORMÁTICA/ ADMINISTRAÇÃO

CURSANDO: 01 AO 04 ANO

ÁREA DE ATUAÇÃO: SUPORTE AO CLIENTE

HORÁRIO: VARIÁVEL

BOLSA AUXÍLIO: R$ 450,00 (APÓS TRÊS MESES O VALOR SERÁ DE R$ 987,00)

CÓDIGO DA VAGA: 2127189

BENEFÍCIO: AUXILIO TRANSPORTE R$ 50,00

LOCAL DE ESTÁGIO: GUARARAPES

 

CURSO: SISTEMAS DE INFORMAÇÃO

CURSANDO: 02 AO 03 ANO

ÁREA DE ATUAÇÃO: SUPORTE TEC. SOFTWARE / INFORMÁTICA

HORÁRIO: VARIÁVEL

BOLSA AUXÍLIO: R$ 857,00

CÓDIGO DA VAGA: 2125968

BENEFÍCIO: AUXILIO TRANSPORTE R$ 80,00

LOCAL DE ESTÁGIO: BIRIGUI

 

CURSO: TEC. EM ANÁLISE E DESENVOLVIMENTO DE SISTEMAS

CURSANDO: 02 AO 04 ANO

ÁREA DE ATUAÇÃO: SUPORTE TEC. SOFTWARE / INFORMÁTICA

HORÁRIO: 9 h ÀS 12 h – 13h30 ÀS 16h30

BOLSA AUXÍLIO: R$ 900,00

CÓDIGO DA VAGA: 2109814

BENEFÍCIO: AUXILIO TRANSPORTE R$ 50,00 + BONIFICAÇÃO R$ 100,00

LOCAL DE ESTÁGIO: BIRIGUI

 

CURSO: ENGENHARIA DA COMPUTAÇÃO

CURSANDO: 02 AO 04 ANO

ÁREA DE ATUAÇÃO: SUPORTE USUÁRIO / INFORMÁTICA

HORÁRIO: 7 h ÀS 13 h

BOLSA AUXÍLIO: R$ 780,00

CÓDIGO DA VAGA: 2065573

BENEFÍCIO: AUXILIO TRANSPORTE R$ 70,00

LOCAL DE ESTÁGIO: BIRIGUI

 

CURSO: FISIOTERAPIA

CURSANDO: 07 AO 09 SEMESTRE

ÁREA DE ATUAÇÃO: ACOMPANHAMENTO

HORÁRIO: 12 h ÀS 18 h

BOLSA AUXÍLIO: R$ 500,00

CÓDIGO DA VAGA: 2117070

BENEFÍCIO: AUXILIO TRANSPORTE R$ 50,00

REQUISITO: SEXO FEMININO

LOCAL DE ESTÁGIO: ARAÇATUBA

 

 

 

 

CURSO: PEDAGOGIA

CURSANDO: 01 AO 04 ANO

ÁREA DE ATUAÇÃO: ADMINISTRAÇÃO/ EDUCAÇÃO

HORÁRIO: VARIÁVEL

BOLSA AUXÍLIO: R$ 650,00

CÓDIGO DA VAGA: 2129395

BENEFÍCIO: AUXILIO TRANSPORTE R$ 50,00

LOCAL DE ESTÁGIO: ARAÇATUBA

 

CURSO: PEDAGOGIA/ EDUCAÇÃO FÍSICA

CURSANDO: 01 AO 04 ANO

ÁREA DE ATUAÇÃO: RECREAÇÃO/ EDUCAÇÃO

HORÁRIO: SEXTA: 18 h ÀS 22 h – SABÁDOS: 12h30 ÀS 18h30

BOLSA AUXÍLIO: R$ 150,00

CÓDIGO DA VAGA: 2124894

BENEFÍCIO: AUXILIO TRANSPORTE R$ 50,00

LOCAL DE ESTÁGIO: ARAÇATUBA

 

CURSO: PEDAGOGIA/ EDUCAÇÃO FÍSICA

CURSANDO: 01 AO 04 ANO

ÁREA DE ATUAÇÃO: RECREAÇÃO/ EDUCAÇÃO

HORÁRIO: 08 h ÀS 13 h – SABÁDOS: 13h30 ÀS 18h30

BOLSA AUXÍLIO: R$ 450,00

CÓDIGO DA VAGA: 2124824

BENEFÍCIO: AUXILIO TRANSPORTE R$ 50,00

LOCAL DE ESTÁGIO: ARAÇATUBA

 

CURSO: ENSINO MÉDIO

CURSANDO: 01 AO 03 ANO

ÁREA DE ATUAÇÃO: INFORMÁTICA

HORÁRIO: 13h30 ÀS 17h30

BOLSA AUXÍLIO: R$ 400,00

CÓDIGO DA VAGA: 2129323

BENEFÍCIO: AUXILIO TRANSPORTE R$ 50,00

REQUISÍTOS: CRIAÇÃO DE BANNERS E NOÇÕES EM SITES TAIS COMO CRIAÇÃO, DOMÍNIO E HOSPEDAGEM.

LOCAL DE ESTÁGIO: ARAÇATUBA

 

CURSO: ENSINO MÉDIO

CURSANDO: 01 AO 03 ANO

ÁREA DE ATUAÇÃO: ADMINISTRATIVA

HORÁRIO: 13h30 ÀS 18h30 – SÁBADOS: 8 h ÀS 13 h

BOLSA AUXÍLIO: R$ 550,00

CÓDIGO DA VAGA: 2114578

BENEFÍCIO: AUXILIO TRANSPORTE R$ 50,00

LOCAL DE ESTÁGIO: BURITAMA

 

CURSO: ENSINO MÉDIO

CURSANDO: 01 AO 03 ANO

ÁREA DE ATUAÇÃO: ADMINISTRATIVA

HORÁRIO: 9 h ÀS 12 h – 13h30 ÀS 16h30

BOLSA AUXÍLIO: R$ 500,00

CÓDIGO DA VAGA: 2109647

BENEFÍCIO: AUXILIO TRANSPORTE R$ 50,00

REQUISITO: SEXO MASCULINO

LOCAL DE ESTÁGIO: BIRIGUI

 

 

CURSO: ENSINO MÉDIO

CURSANDO: 02 ANO

ÁREA DE ATUAÇÃO: ATENDIMENTO

HORÁRIO: 8h30 ÀS 11h30 – 13 h ÀS 16 h

BOLSA AUXÍLIO: R$ 450,00

CÓDIGO DA VAGA: 2107975

BENEFÍCIO: AUXILIO TRANSPORTE R$ 50,00

LOCAL DE ESTÁGIO: BIRIGUI

 

CURSO: ENSINO MÉDIO

CURSANDO: 01 AO 03 ANO

ÁREA DE ATUAÇÃO: ATENDIMENTO

HORÁRIO: 8 h ÀS 11 h – 12h30 ÀS 15h30

BOLSA AUXÍLIO: R$ 400,00

CÓDIGO DA VAGA: 2097679

BENEFÍCIO: AUXILIO TRANSPORTE R$ 50,00

LOCAL DE ESTÁGIO: ARAÇATUBA

 

CURSO: ENSINO MÉDIO

CURSANDO: 01 AO 03 ANO

ÁREA DE ATUAÇÃO: ADMINISTRATIVA

HORÁRIO: 15 h ÀS 20 h – SABADOS 9 h ÀS 14 h

BOLSA AUXÍLIO: R$ 350,00

CÓDIGO DA VAGA: 2031454

BENEFÍCIO: AUXÍLIO TRANSPORTE R$ 50,00

LOCAL DE ESTÁGIO: GUARARAPES

 

CURSO: PUBLICIDADE E PROPAGANDA

CURSANDO: 01 AO 04 ANO

ÁREA DE ATUAÇÃO: INFORMÁTICA

HORÁRIO: 13h30 ÀS 17h30

BOLSA AUXÍLIO: R$ 400,00

CÓDIGO DA VAGA: 2129323

BENEFÍCIO: AUXILIO TRANSPORTE R$ 50,00

REQUISÍTOS: CRIAÇÃO DE BANNERS E NOÇÕES EM SITES TAIS COMO CRIAÇÃO, DOMÍNIO E HOSPEDAGEM.

LOCAL DE ESTÁGIO: ARAÇATUBA

 

CURSO: PUBLICIDADE E PROPAGANDA  

CURSANDO: 01 AO 03 ANO

ÁREA DE ATUAÇÃO: ADMINISTRATIVA/ MARKETING

HORÁRIO: VARIÁVEL

BOLSA AUXÍLIO: R$ 600,00

CÓDIGO DA VAGA: 2125516

BENEFÍCIO: AUXILIO TRANSPORTE R$ 50,00

REQUISITO: SEXO FEMININO

LOCAL DE ESTÁGIO: ARAÇATUBA

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

CURSO: PUBLICIDADE E PROPAGANDA  

CURSANDO: 02 AO 03 ANO

ÁREA DE ATUAÇÃO: MARKETING

HORÁRIO: VARIÁVEL

BOLSA AUXÍLIO: R$ 650,00

CÓDIGO DA VAGA: 2108157

BENEFÍCIO: AUXILIO TRANSPORTE R$ 50,00

REQUISITO: SEXO FEMININO

LOCAL DE ESTÁGIO: BIRIGUI

 

CURSO: PUBLICIDADE E PROPAGANDA  

CURSANDO: 03 AO 07 SEMESTRE

ÁREA DE ATUAÇÃO: MARKETING

HORÁRIO: 12h30 ÀS 18 h

BOLSA AUXÍLIO: R$ 500,00

CÓDIGO DA VAGA: 2108052

BENEFÍCIO: AUXILIO TRANSPORTE R$ 50,00

LOCAL DE ESTÁGIO: BIRIGUI

 

CURSO: PUBLICIDADE E PROPAGANDA  

CURSANDO: 02 AO 07 SEMESTRE

ÁREA DE ATUAÇÃO: CRIAÇÃO/MARKETING

HORÁRIO: 9 h ÀS 12 h – 13h30 ÀS 16h30

BOLSA AUXÍLIO: R$ 600,00

CÓDIGO DA VAGA: 2041691

BENEFÍCIO: AUXILIO TRANSPORTE R$ 50,00

LOCAL DE ESTÁGIO: ARAÇATUBA

 

CURSO: PUBLICIDADE E PROPAGANDA

CURSANDO: 02 AO 03 ANO

ÁREA DE ATUAÇÃO: MARKETING

HORÁRIO: 8 h ÀS 12 h – 13h30 ÀS 15h30

BOLSA AUXÍLIO: R$ 700,00

CÓDIGO DA VAGA: 2104182

BENEFÍCIO: AUXÍLIO TRANSPORTE R$ 50,00

LOCAL DE ESTÁGIO: ARAÇATUBA

 

CURSO: PUBLICIDADE E PROPAGANDA

CURSANDO: 02 AO 04 ANO

ÁREA DE ATUAÇÃO: MARKETING/ ADMINISTRATIVA

HORÁRIO: 7h30 ÀS 11h30 – 13 h ÀS 15 h

BOLSA AUXÍLIO: R$ 650,00

CÓDIGO DA VAGA: 2065545

BENEFÍCIO: AUXÍLIO TRANSPORTE R$ 50,00

LOCAL DE ESTÁGIO: ARAÇATUBA

 

CURSO: PUBLICIDADE E PROPAGANDA

CURSANDO: 01 AO 03 ANO

ÁREA DE ATUAÇÃO: MARKETING

HORÁRIO: 9 h ÀS 12 h – 13h30 ÀS 16h30

BOLSA AUXÍLIO: R$ 500,00

CÓDIGO DA VAGA: 2045508

BENEFÍCIO: AUXÍLIO TRANSPORTE R$ 100,00

LOCAL DE ESTÁGIO: BIRIGUI

 

 

 

 

CURSO: PUBLICIDADE E PROPAGANDA

CURSANDO: 02 AO 07 SEMESTRE

ÁREA DE ATUAÇÃO: MARKETING

HORÁRIO: VARIÁVEL

BOLSA AUXÍLIO: R$ 700,00

CÓDIGO DA VAGA: 2035230

BENEFÍCIO: AUXÍLIO TRANSPORTE R$ 50,00

REQUISITOS: SEXO FEMININO

LOCAL DE ESTÁGIO: ARAÇATUBA

 

CURSO: TECNICO EM ADMINISTRAÇÃO

CURSANDO: 01 AO 06 SEMESTRE

ÁREA DE ATUAÇÃO: ADM GERAL

HORÁRIO: 13h15 ÀS 17h30

BOLSA AUXÍLIO: R$ 450,00

CÓDIGO DA VAGA: 2057425

BENEFÍCIO: AUXILIO TRANSPORTE R$ 50,00

LOCAL DE ESTÁGIO: ARAÇATUBA

 

CURSO: TECNICO EM ADMINISTRAÇÃO

CURSANDO: 01 AO 03 SEMESTRE

ÁREA DE ATUAÇÃO: ADMINISTRATIVA/COMERCIO

HORÁRIO: 8h30 ÀS 11h30 – 12h30 ÀS 15h30

BOLSA AUXÍLIO: R$ 610,34

CÓDIGO DA VAGA: 2019878

BENEFÍCIO: AUXILIO TRANSPORTE R$ 100,00

REQUISITOS: SEXO FEMININO

LOCAL DE ESTÁGIO: ARAÇATUBA

 

CURSO: TECNICO EM ESTÉTICA

CURSANDO: 01 AO 05 ANO

ÁREA DE ATUAÇÃO: EMBELEZAMENTO

HORÁRIO: 8 h ÀS 13 h

BOLSA AUXÍLIO: R$ 400,00

CÓDIGO DA VAGA: 2021050

BENEFÍCIO: AUXILIO TRANSPORTE R$ 50,00

LOCAL DE ESTÁGIO: ARAÇATUBA

 

 

PROCESSOS SELETIVOS

 

Prefeitura de Araçatuba: os alunos interessados em estagiar deverão ligar e agendar horário para realização da prova.

 

Prefeitura de Guararapes: os alunos dos referidos cursos: Pedagogia e Psicologia (1º ao 4º ano) interessados deverão comparecer para realizar prova do processo seletivo das 8 as 16h.

 

 

CIEE – ARAÇATUBA-SP.

HORÁRIO DE ATENDIMENTO: 8H AS 17H30 – Segunda à Sexta.

RUA TORRES HOMEM, 406/412 – JD. BANDEIRANTE.

TELEFONES: (18) 3625-1088 / 3608-3113

CELULAR: (18) 99736-1877 ou 99736-1879.

EMAIL: ciee.aracatuba@ciee.org.br

 

 

Mudanças

O que muda em 2016?

A única alteração que afeta esse ano são mudanças no formato do parcelamento de débitos para optantes do Simples Nacional.

Parcelamento de débitos:

Os pequenos negócios correspondem a 98,4% das empresas brasileiras e muitas delas estão inadimplentes, uma dívida estimada em R$ 23,8 bilhões, para ser mais exato. Pensando nisso, foi revisto o parcelamento do Simples Nacional. A nova sistemática aumenta para 120 meses o prazo de parcelamento, mas mantém a parcela mínima de R$ 300,00. Serão objeto de parcelamento débitos vencidos até maio de 2016, inclusive os não constituídos, com exigibilidade suspensa, já parcelados, em dívida ativa ou mesmo em fase de execução fiscal!

O SEBRAE já anunciou que fará mutirão para ajudar empreendedores a negociarem suas dívidas.

Informação importante: a Receita Federal já se manifestou através da IN 1.670/16 dando o prazo para solicitação entre 14 de novembro/16 a 11 de dezembro 2016 por meio de formulário eletrônico “Opção Prévia ao Parcelamento da LC 155/2016”.

Novas possibilidades para 2017

Muita calma nessa hora, ainda não mudam alíquotas, anexos ou enquadramentos do Simples Nacional, mas uma nova figura surge no cenário econômico, dando mais segurança jurídica a investidores e startups!

Já ouviu falar em investidor ANJO?

Preparem os pitchs porque é isso mesmo: surge a figura do investidor anjo! E ele pode ser pessoa física ou jurídica e isso não vai excluí-lo do Simples Nacional. Quer saber como? A grande sacada foi considerar o investidor anjo como o que ele realmente é: um investidor. Ele não será sócio nem terá direito à gerência ou voto na administração da empresa. Também não responderá por dívidas da empresa, nem mesmo em recuperação judicial. Veja nosso conteúdo completo sobre o assunto aqui: Simples Nacional 2017: Investidor Anjo

Um novo Simples Nacional em 2018

Pois é: o novo Simples só começa realmente em 2018. E olha que pela quantidade de mudanças chamá-lo de “Novo Simples Nacional” não é exagero. Vamos lá?


Novos limites de faturamento

O novo teto de faturamento agora é de R$4,8 milhões por ano, mas co3m uma ressalva: o ICMS e o ISS serão cobrados separado do DAS e com todas as obrigações acessórias de uma empresa normal quando o faturamento exceder R$3,6 milhões acumulados nos últimos 12 meses, ficando apenas os impostos federais com recolhimento unificado.

Novas alíquotas e anexos do Simples Nacional

Preparado? Aqui vai um resumão, mas logo estará disponível uma explicação muito, mas muito mais detalhada 🙂

A alíquota inicial permanece a mesma nos anexos de comércio (anexo I), indústria (anexo II) e serviços (anexos III, IV), exceto para o novo anexo V de serviços, que será atualizado e não terá mais relação com o anexo V anterior. No entanto a alíquota tornou-se progressiva na medida que o faturamento aumenta e não mais fixa por faixa de faturamento, apenas.

Todas as atividades do anexo V passam a ser tributadas pelo Anexo III. Extingue-se o anexo VI e as atividades passam para o novo anexo V.

Cria-se uma relação de faturamento x folha de pagamento (fopag) para redução de alíquota das atividades tributadas pelo anexo V (que passam a ser tributadas pelo anexo III se a relação da folha de1 pagamento sobre o faturamento for de 28% ou mais). Atividades de Arquitetura e Urbanismo, medicina, odontologia, psicologia, terapia ocupacional, acupuntura, podologia, fonoaudiologia, clínicas de nutrição e bancos de leite vão para o Anexo III.

Difícil? Muita coisa? Estamos preparando um material especial que facilite o entendimento e cálculo das novas alíquotas, muito em breve em nosso blog 😉

Novas atividades no Simples Nacional

Em 2018, micro e pequenos produtores de bebidas alcoólicas (cervejarias, vinícolas, licores e destilarias) poderão optar pelo Simples Nacional, desde que inscritos no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Facilitadores para exportação, licitações e outras atividades do dia a dia

Quando se fala em importação e exportação, sempre bate aquela sensação de burocracia, e realmente é assim. Por isso as empresas de logística internacional que forem contratadas por empresas do Simples Nacional estão autorizadas a realizar suas atividades de forma simplificada e por meio eletrônico, o que impactará diretamente nos custos do serviço aduaneiro.

Já para quem participa de licitações a boa notícia é que não serão mais exigidas as certidões negativas para participação na licitação, apenas do vencedor na assinatura do contrato. Não está tudo certo para emitir a certidão? Está segurado o prazo de cinco (5) dias úteis – isso mesmo, dias úteis – para regularização da documentação (pagamento, parcelamento, etc) e emissão das certidões negativas ou positivas com efeito de negativas (em caso de parcelamentos).

Gostou? Tem mais: a LC 155 diz que a fiscalização sobre assuntos trabalhistas, metrológico, sanitário, ambiental, de segurança, de relações de consumo e de ocupação de solo será prioritariamente ORIENTADORA quando a atividade ou situação for de baixo risco. Isso não quer dizer que você não será multado, mas que se o fiscal entende que não há risco iminente no seu problema, ele deve dar-lhe prazo para regularização antes de aplicar uma multa.

Quer mais? Fica atribuído ao poder executivo disponibilizar na internet informações sobre certificação de qualidade de produtos e processos para MEs e EPPs. Vamos esperar que coisas boas venham dessa obrigação.

Abre-se a possibilidade da unificação do FGTS e do INSS com uma data única de vencimento/pagamento. Isso já é uma preparação ao e-Social, que será um facilitador na declaração da folha de pagamento das empresas.

Por fim ficam os bancos comerciais e múltiplos públicos com carteira comercial, a CEF (Caixa Econômica Federal) e o BNDES a incluir em seu orçamento linhas de créditos específicas para ME e EPP, ou seja, novas linhas de crédito devem surgir até 2018.

Maior fiscalização

Mais facilidades e maior fiscalização! O novo Simples libera a permuta de informações entre a Fazenda Pública da União (Receita Federal) e a dos Estados (Receita Estadual) e Municípios (Prefeituras e DF) para fins de planejamento ou de execução de procedimentos fiscais ou preparatórios, sem prejuízo de ação fiscal individual de cada um. Conforme falado no item anterior (facilidades do dia a dia) as ações serão através de notificação prévia visando a autorregularização, sem procedimentos de fiscalização in loco.

Novo redutor de receita

A grande mudança aqui é a exclusão sobre a receita bruta dos valores repassados em parceria a cabeleireiros, barbeiros, esteticistas, manicures, pedicures, depiladores e maquiadores. Legal, né?

Por exemplo: O salão fatura R$ 100,00 do corte de cabelo, mas tem um contrato de parceria com a cabeleireira de R$ 30,00 por corte, logo, a receita do salão será de R$ 70 e não R$100. Antes, a receita do salão seria de R$100 e pagaria imposto em cima de R$100. Agora, ele paga imposto apenas em cima de R$70.

Novas regras para o MEI

As duas grandes e principais mudanças é o novo teto de faturamento (até R$ 81.000,00 – oitenta e um mil Reais) por ano ou proporcional (nos casos de abertura) e a inclusão do empreendedor Rural. Veja um comparativo de como é hoje e como será em 2018 (sim, não esqueça que essas mudanças são para 2018 em diante!!!)

COMO É (até 31/12/2017) COMO SERÁ (a partir de 01/01/2018)
Empresário individual conforme art. 966 do código civil Empresário individual conforme art. 966 do código civil ou empreendedor que exerça atividades de industrialização, comercialização e prestação de serviços no ambito rural.
Receita Bruta no ano-calendário de R$ 60.000 (sessenta mil) Receita Bruta no ano-calendário de R$ 81.000 (oitenta e um mil)
Baixa no Portal eletrônico, informação na Junta Comercial, baixa na Receita Estadual e na Prefeitura (alvará) e outros cadastros com a administração pública. Baixa exclusivamente no Portal eletrônico, com dispensa de comunicação a demais orgãos.
Obrigatório a inscrição e pagamento de anuidade em orgão de Conselho de classe profissional. Dispensa do cadastro e recolhimento em órgãos de conselho profissional quando já o for na qualidade de pessoa física.
Contribuinte Individual do INSS Empresário individual – contribuinte individual Trabalhador rural – contribuinte especial
Pode contratar até um (01) funcionário por no máximo um salário mínimo ou piso da categoria. Não mudou, ainda pode contratar até um (01) funcionário por no máximo um salário mínimo ou piso da categoria.

Estamos diante de um renascimento do Simples Nacional, as mudanças propostas são diferentes do que alguns esperavam, mas contemplam significativas e benéficas mudanças para as ME e EPP. A forma de tributação progressiva que acontece após a primeira faixa de tributação é um avanço, e crescer (faturar mais) não trará um susto tão grande no pagamento do mensal do DAS (Documento de Arrecadação do Simples Nacional).

A mudança das atividades de tecnologia para o anexo III reduziu consideravelmente os impostos para a área, o que mostra o interesse do governo no crescimento do setor, que está ligado diretamente a inovação, bem como a regulação do investidor anjo que trará maior segurança jurídica aos negócios.

Nem mesmo a exclusão do ISS e do ICMS do DAS para os que faturarem mais que R$ 3,6 milhões é tão assustador, apesar de não deixar tão simples as coisas para essas empresas (mais obrigações acessórias e impostos a recolher), já que a maioria (84% em média) das empresas optantes pelo Simples Nacional faturam menos de R$ 540.000 por ano – Fonte de estudos da Receita Federal.

Talvez o único problema seja a distância para início das alterações, que só serão efetivas (em sua maioria) a partir de 2018.

Em resumo, é mais um passo a favor do empreendedorismo!

Confira abaixo os gastos que não são dedutíveis do Imposto de Renda:

“A recomendação é sempre lançar todos os pagamentos e doações efetuados, e o software do Fisco apontará qual modelo permitirá uma restituição maior ou a redução do imposto”, orienta o diretor executivo da Confirp Consultoria Contábil, Richard Domingos.

Mesmo que a despesa feita no ano passado seja dedutível, como consultas médicas e mensalidade escolar, é preciso ter em mãos os comprovantes de pagamentos para ter direito ao desconto.

Confira a relação com 20 itens que não podem incluídos nas despesas dedutíveis do IR:

  1. Pagamento de aluguel:embora seja importante no orçamento familiar, o gasto com locação de um imóvel não permite descontar o imposto devido.
  2. Doação para dependentes:o ato espontâneo de dar dinheiro a alguém, por si só, não caracteriza uma despesa abatível na declaração.
  3. Curso de idiomas:aprender uma nova língua agrega conhecimento, mas não permite pagar menos imposto.
  4. Cursinho pré-vestibular:a preparação para a universidade, embora um gasto com educação, está fora da lista de cursos dedutíveis do IR.
  5. Academia:assim como dança e a prática de esportes, atividades físicas são excluídas da lista de despesas com educação.
  6. Aulas particulares:contratar um professor para aprimorar conhecimentos específicos também é um gasto não abatível do Imposto de Renda.
  7. Prótese de silicone:o custo do implante com fins estéticos não é dedutível como a cirurgia com fins de saúde, a exemplo da reconstrução da mama.
  8. Tratamentos de beleza:drenagem linfática, depilação ou limpeza de pele podem pesar no bolso mas, por terem objetivo puramente estético, não contemplam o abatimento do imposto.
  9. Exame de DNA:embora seja um gasto médico, a confirmação da paternidade está fora da lista de despesas que permitem o desconto.
  10. Lentes de contato:mesmo que receitadas pelo médico, as lentes e óculos de grau também não devem ser declarados com fins de dedução.
  11. Aparelho de surdez:embora das próteses e cadeira de rodas estejam contemplados, este tipo de recurso não prevê o pagamento de menos imposto.
  12. Clareamento dentário:a visita ao dentista para tratar cáries e canais permite o benefício, mas se tiver fim estético, não é possível abater o IR.
  13. Financiamentos:seja do veículo ou de um imóvel, a parcela devida no compromisso não pode ser descontada na declaração anual do Imposto de Renda.
  14. Nutricionista:por não tratar-se de uma especialidade médica, a visita a este profissional não permite abater o imposto.
  15. Medicamentos:gastos com remédios só são dedutíveis se eles estiveram incluídos na conta do hospital, em caso de internação, por exemplo.
  16. Material escolar:embora matrícula e mensalidade permitam descontar o IR, os itens obrigatórios que vão dentro da mochila, não.
  17. Seguros:o plano de saúde é o único tipo de seguro que permite abater os gastos no ano anterior ao da declaração.
  18. Veterinário:cuidar da saúde de seu animal de estimação também não garante o direito ao benefício na declaração.
  19. Vacina:toda despesa com vacinas, que previne a contração de doenças contagiosas, não está prevista na lista de gastos dedutíveis com saúde.
  20. Doações a entidades filantrópicas: só é possível abater o IR de doações a fundos municipais, estaduais e federais dos direitos da criança, adolescentes e idosos, com limite de dedução de 6%.

Confira 10 dicas para não entrar na malha fina do IRPF

A Receita Federal retém na chamada “malha fina” declarações de Imposto de Renda (IR) que apresentam dados irregulares ou que não batem com as informações que o órgão recebe sobre os rendimentos e despesas dos contribuintes.

 

Confira abaixo dez dicas para evitar ter a declaração retida na malha fina.

 

  1. Tenha toda a documentação em mãos: Todos os documentos e recibos desde janeiro de 2010, ou comecem a organizá-los agora, a uma semana do início do período de declaração. Os dados devem ser enviados a partir de 1º de março, e quanto mais cedo o contribuinte entregar, mais rápido receberá restituição da Receita, se tiver impostos a receber.

 

  1. Atenção na digitação dos códigos de pagamentos e valores: O problema mais comum que acaba por enquadrar uma declaração na malha fina é o erro de digitação de códigos de pagamentos e de cifras, principalmente a quantidade de zeros nos valores. Por isso, é preciso revisar todos os números inseridos e conferir se foram digitados nos campos adequados para o preenchimento – muitos acabam trocando os campos.

 

  1. Cuidado ao preencher rendimentos de dependentes: Todos os rendimentos de dependentes diretamente relacionados ao titular devem ser informados na declaração, mesmo se o dependente não tiver permanecido o ano inteiro em um emprego, por exemplo. Também os planos de saúde dos filhos devem ser declarados separados na guia de dependentes. O mesmo vale para pensão alimentícia, que é dedutível. Se o titular estiver ajudando financeiramente algum menor, tem que ter a guarda judicial da criança para ter a despesa abatida.

 

  1. Quem tem previdência privada deve informar rendimento, tenha sacado ou não: Todos os contribuintes que possuem previdência privada devem declarar o ganho, que é considerado um rendimento, mesmo se não tiver sacado nada da conta durante o ano, muitas vezes o contribuinte esquece-se de consultar junto ao banco o comprovante de movimentação.

 

  1. Quem aplica na bolsa de valores também deve declarar ganhos: Todos os investidores pessoas físicas do mercado de ações devem informar as movimentações na declaração de ajuste anual. No entanto, quem movimentar abaixo de R$ 20 mil por mês tem os ganhos líquidos isentos de Imposto de Renda. Já os que operarem mais de R$ 20 mil no total do mês estão sujeitos a tributação de acordo com tabela de operações da BM&F Bovespa. O tributo deve ser pago todo mês por meio de um Documento de Arrecadação de Receitas Federais (DARF).

 

  1. Aposentados que ainda trabalham deve lembrar-se de declarar renda e aposentadoria: Muitos aposentados que ainda estão no mercado de trabalho acabam esquecendo-se de declarar, além da renda da aposentadoria, a fonte de rendimento atual.

 

  1. Tenha cuidado ao declarar compra ou venda de imóveis e bens de valor: Os cartórios de registro de imóveis e as construtoras entregam anualmente à Receita a Declaração sobre Operações Imobiliárias (DOI) e a Declaração Informações sobre Atividades Imobiliárias (Dimob). Por isso, quem errar os valores pode ser incluído na malha fina, por suposta tentativa de infringir o recolhimento de impostos. “A declaração mais simples de ser feita é a daqueles que possuem uma só fonte de renda, um carro e um imóvel. Não tem erro”, “Quem tem muitas propriedades deve prestar mais atenção”. A maior dificuldade é saber exatamente o ganho de capital, que acontece quando se vende um bem por um valor maior do que comprou.

 

  1. Heranças, doações e empréstimos: O contribuinte deve tomar cuidado ao declarar o valor dos bens herdados, que deve ser exatamente igual ao original, ou corrigido se o bem tiver sofrido alguma valorização, como no tópico acima. O mesmo cuidado deve ser tomado ao declarar empréstimos e doações.

 

  1. A Receita vai apertar a fiscalização de recibos médicos: A Receita Federal garantiu que, neste ano, o contribuinte que não conseguir comprovar despesas médicas usadas como abatimento no IR pagará multa de 75% sobre o valor devido de imposto. As instituições de saúde e operadoras de planos médicos enviam à Receita a Declaração de Serviços Médicos e de Saúde (Dmed), que deve conter informações de todos os atendimentos feitos no ano, o que dificulta a tentativa de sonegação. Caso o contribuinte tenha a declaração retida por esse problema, mas estiver com os documentos e recibos corretos, deve aguardar notificação da Receita Federal, o que pode levar, em média, dois anos.

 

  1. Se perceber que enviou dados errados, retifique o mais rápido possível: O contribuinte que preencheu a declaração de forma errada e percebeu logo após o envio deve fazer a retificação no próprio programa de declaração da Receita o mais rápido possível. Assim, se tiver restituição a receber, terá o dinheiro depositado mais rapidamente. Se o erro não for percebido na declaração, vale examinar o extrato emitido pela Receita.

 

FAÇO SEU IRPF 2017

Birigui, março de 2017.

 

DECLARAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA PESSOA FÍSICA – IRPF/2017.

 

Solicito a separação dos documentos abaixo relacionada, no período de 02/03/2017 à 28/04/2017, para tratar do assunto em epígrafe, estará obrigado a declarar: que teve rendimentos tributáveis acima de R$ 28.559,70, quem recebeu rendimentos isentos, tributações exclusivas ou não tributáveis acima de R$ 40.000,00 e que tenha bens ou diretos acima de R$ 300.000,00.

 

Cumpre no informar, que a falta de apresentação acima solicitada, nos impossibilitará de apresentarmos a sua declaração, o que acarretará uma multa aplicada pela SECRETARIA DA RECEITA FEDERAL no valor de R$ 165,74 (cento e sessenta e cinco reais e setenta e quatro centavos) ou 20% (vinte por cento) do imposto devido.

 

Sem mais para o momento, ficaremos no seu aguardo,

 

Atenciosamente.

 

Alexandre Violin Garcia

Contador

Fones: (18) 9.8137.9330 Wath

E-mail: alex-violin@hotmail.com

 

Quem são os profissionais mais cobiçados em tempos de crise?

Resultado de imagem para CRISE

Pesquisa mostra vantagem de cargos nas áreas tecnológica e de gerência; confira as oito mais procuradas pelo mercado

O Orçamento apresentado para 2016 é deficitário, o País perdeu o grau de investimento, empresas são rebaixadas por agências de risco e, naturalmente, tudo isso é refletido em um mercado de trabalho mais apertado, com menos vagas. Apesar disso, não são todas as profissões que compartilham da crise com tanta intensidade – algumas nem mesmo participam dela.

Em pesquisa recente, a Page Personnel, uma das maiores empresas globais de recrutamento, mostrou quais são as oito profissões mais procuradas pelo mercado contratante na atualidade. Cargos de áreas relacionadas a resultados e inovação, como marketing e tecnologia da informação (TI), são alguns dos destaques.

“Os profissionais que têm um perfil nessa linha podem ter uma oportunidade para um novo desafio, algo que pode ser extremamente positivo em sua carreira”, analisa Ricardo Ribas, gerente executivo da Page Personnel.

Segundo o especialista em recursos humanos, são três os pilares que sustentam a preferência pelos perfis listados no levantamento: redução de custos, mercados com pouca oferta de profissionais e substituição de mão de obra sênior por júnior.

“No caso do especialista em marketing digital, por exemplo, ainda há uma carência [por este tipo de trabalhador], que é caro e acaba inflacionando o mercado”, destaca. “Algumas empresas contratam, outras remanejam funcionários de área semelhante e fazem treinamento na prática. Mas a tendência é que o mercado continue sendo carente nesse setor por algum tempo, sendo difícil a ocupação de 100% dessas vagas.”

Mudança de gestão na crise

A antiga prática de cortar os gastos ditos supérfluos em momentos de dificuldades financeiras não é mais realidade no mercado brasileiro. De acordo com a coordenadora acadêmica da Academia de Varejo Patricia Cotti, a crise serviu como combustível para empurrar as empresas e colocar em prática o discurso de evolução de processos.

“As empresas estão se voltando para os setores que apresentam resultados, tirando um pouco o foco da operação, da produção. Elas querem o profissional que vai dar a solução para, por exemplo, conseguir vender mais ou otimizar a gerência do negócio”, diz.

Para a especialista, consegue se destacar hoje quem já vinha se qualificando em um ritmo constante e que mostra amplo conhecimento do ramo em que trabalha, não só de sua área específica. “Às vezes, o profissional entende tudo da área dele, mas não entende a ponta do negócio, o que o consumidor daquele negócio busca. O mesmo acontece no perfil inverso, quando falta a base teórica. Quem consegue suprir esses dois lados é o profissional mais procurado”, completa.

Conheça os oito profissionais mais procurados em tempo de crise:

1 – Executivo de Vendas – Marketing de Perfomance e Mídia Digital / Remuneração: R$ 5 mil a R$ 8 mil.

2 – Analista de Marketing Digital / Remuneração: R$4 mil a R$6 mil.

3 – Analista de Planejamento Financeiro Sênior / Remuneração: R$ 6 mil a R$ 9 mil.

4 – Coordenador de IT *generalista / Remuneração: R$ 8 mil a R$ 10 mil.

5 – Técnico de Manutenção / Remuneração: R$ 3,5 mil a R$ 7 mil.

6 – Especialista de Compras / Remuneração: R$ 6 mil a R$ 10 mil.

7 – Secretária Jr / Remuneração: R$ 3 mil a R$ 4 mil.

8 – Coordenador/Supervisor de Vendas / Remuneração: R$ 4 mil a R$ 6 mil.

Por Luis Philipe Souza – iG São Paulo

Link: http://economia.ig.com.br/carreiras/2015-09-14/quem-sao-os-profissionais-mais-cobicados-em-tempos-de-crise.html

 

Tenha orgulho suas escolhas!

artigo_90158

Faça escolha certa!

guia-contador

3 dicas para assegurar o seu futuro profissional durante a faculdade.

timetoplan

Planejar antecipadamente o próprio futuro profissional, durante os anos que seguirão até a conclusão da graduação, pode ser um fator decisivo no sucesso da sua carreira. Por isso, obter um sólido encaminhamento no mercado de trabalho, após a formatura, é uma meta que precisa ser conquistada no decorrer do curso. Isso dependerá das suas ações durante a faculdade, que deverão ir além das atividades acadêmicas previstas plano pedagógico.

Para elucidar melhor este conceito, vamos apresentar abaixo três dicas que podem te assegurar um futuro profissional com grande potencial.

1) Comece a fazer contatos profissionais na faculdade

Todos os seus colegas são potenciais futuros profissionais, que podem abrir caminhos para trabalhos, contratações, ou outras oportunidades. Por isso, procure definir aqueles que você vai manter contato, durante e após o curso.

Os professores também podem ser portas de entrada para estágios e oportunidades de trainee. Leve em consideração que saber se relacionar positivamente fará toda a diferença na formação da sua network.

2) Busque formar a sua experiência em estágios

Independente do segmento de mercado, a experiência profissional sempre conta muito na hora da contratação. Dessa maneira, procure estagiar durante o curso, em uma ou mais empresas, para construir essa experiência, e para que o seu currículo esteja mais competitivo. Este é outro fator que aumenta consideravelmente as chances de iniciar a sua carreira em uma empresa saudável.

3) Crie conteúdos profissionais na internet e tenha presença digital

No atual mundo conectado, onde buscamos referências e informações sobre tudo na internet, é fundamental que você mantenha conteúdos atualizados sobre a sua área profissional. Crie um blog e publique materiais que possam servir de referência sobre o seu perfil profissional, contendo as suas experiências, opiniões, artigos, criações artísticas, vídeos, portfólio de desenvolvimento, e muitos outros tipos de conteúdos, que vão depender da sua área de atuação. Se puder criar um site, é ainda melhor.

Mantenha o seus perfis atualizados nas redes sociais, especialmente no Facebook e LinkedIn. Atualmente muitas empresas de grande porte utilizam essas ferramentas para traçar o perfil do candidato, muitas vezes sem o seu conhecimento. Lembre-se disso!

Bons estudos e uma boa carreira profissional para você!

Link: http://www.esab.edu.br/3-dicas-para-assegurar-o-seu-futuro-profissional-durante-a-faculdade/

Seleção Estágio CEF

Cartaz - Processo Seletivo CEF

%d blogueiros gostam disto: